2021


O fundador e CEO da Tesla e da SpaceX, Elon Musk, mirou sua metralhadora giratória, também conhecida como Twitter, para a Apple. Desta vez, o ricaço resolveu emitir sua opinião sobre a batalha judicial entre a Apple e a Epic Games, desenvolvedora, entre outros títulos, do battle royale “Fortnite”. Na publicação, Musk se colocou ao lado da empresa de jogos e contra a marca da maçã.


Elon Musk acusou a Apple de ter criado um “imposto global na internet”, se referindo às taxas cobradas pela empresa pelas transações realizadas por meio de sua loja virtual. Hoje, a Apple cobra polpudos 30% sobre toda e qualquer venda realizada por meio da App Store, o que pode ser algo realmente prejudicial para desenvolvedores e empresas menores com apps para iPhone.


Desde maio deste ano, a Epic Games e a Apple têm travado uma disputa feroz nos tribunais, com até mesmo o CEO da gigante de Cupertino, Tim Cook, sendo convocado para falar em juízo. Tudo começou quando a Epic Games decidiu permitir que os jogadores de Fortnite pudessem adquirir moedas virtuais por fora da App Store.

Ressentimento?
A manifestação de Elon Musk contra a Apple e o que ele chamou de taxas abusivas chega em um momento em que antigas discussões entre o sul-africano e a empresa fundada por Steve Jobs começam a vir à tona. No livro “Power Play: Tesla, Elon Musk e a aposta do século”, é descrito um diálogo bastante ríspido entre Elon Musk e Tim Cook em 2016.

Na ocasião, Cook teria se interessado em comprar a Tesla, mas recebeu uma contraproposta de Elon Musk que acabou o tirando do sério e fazendo com que ele desistisse da ideia. E nem mesmo quando Musk se abriu à possibilidade de passar o controle de sua montadora para a empresa da maçã, Tim Cook quis ver a cara do sul-africano na frente dele.



Sistema Operacional HarmonyOS 2.0
Disponibilidade 
2021/2
Dimensões 
158.8 x 72.8 x 8.5 mm
Peso 
195 gramas
Resistência a água Sim



REDE
Sim Card 
Nano
Dual Sim 
Dual stand-by
Gsm 
Quad Band (850/900/1800/1900)
HSPA+ 
Sim
LTE 
Sim



DADOS TÉCNICOS
Processador 
1x 3.13 GHz Cortex-A77 + 3x 2.54 GHz Cortex-A77 + 4x 2.05 GHz Cortex-A55
Chipset 
Huawei HiSilicon Kirin 9000
64 Bit 
Sim
GPU 
Mali-G78 MP24
RAM 
8 GB
Memória Max 
512 GB
Memória Expansível 
Slot híbrido SIM/MicroSD Nano SD atè 256 GB
Anotação 
Sem Google Play Services




TELA
Polegadas 
6.6
Resolução 
1228 x 2700 pixel
Densidade de pixels 
449 ppi
Tipo 
OLED
FPS 
120 Hz
Cores 
16 milhões



CÂMERA
Megapixel 
50 Mp + 40 Mp + 13 Mp + 64 Mp
Resolução 
8165 x 6124 pixel
Tamanho do Sensor 
1/1.28 "
Aperture Size 
F 1.8 + F 1.6 + F 2.2 + F 3.5
Estabilização 
Otica / Digital
Ângulo máximo 
120 °
Zoom Ótico 
3.5 x
Autofoco 
Sim
Foco por toque 
Sim
Flash 
Dual LED
HDR 
Sim
Dual Shot 
Sim
Localização 
Sim
Detecção facial 
Sim
Detecção de sorriso 
Sim
Câmera Frontal 
13 Mp F 2.4




VÍDEO
Resolução da gravação 
4K (2160p)
Auto focagem de vídeo 
Sim
FPS da gravação 
60 fps
Estabilização de vídeo Sim
Slow Motion 
960 fps
Vídeo HDR 
Sim
Dual Rec 
Sim
Foto em Vídeo 
Sim
Vídeo Câmera Frontal 
4K (2160p), 60fps
Opções da Câmera Frontal 
HDR/Face Detection/Smile Detection/EIS




CONECTIVIDADE
Wi-Fi 
802.11 a/b/g/n/ac/6
Bluetooth 
5.2 com A2DP/LE
IRDA 
Sim
USB 
Type-C 3.1
NFC 
Sim
GPS 
A-GPS/GLONASS/BeiDou/Galileo/QZSS/NavIC




SENSORES
Acelerômetro 
Sim
Proximidade 
Sim
Giroscópio 
Sim
Bússola 
Sim
Barômetro 
Sim
Impressão digital 
Sim
Mic. de Redução de Ruído 
Sim



FUNÇÕES
Radio FM Não
Tv Não
Vibração Sim
Viva Voz 
Sim
Outros 
Wi-Fi Direct, Wi-Fi hotspot, USB OTG




BATERIA
Tipo 
LiPo
Ampere 
4360 mAh

























Sistema Operacional Android 11
Disponibilidade 2021/3
Dimensões 163 x 76 x 7.99 mm
Peso 185 gramas

REDE
Sim Card Nano
Dual Sim Dual stand-by
Gsm Quad Band (850/900/1800/1900)
HSPA+ Sim
LTE Sim
5G Sim
Velocidade máxima de download 7500 Mbps
Velocidade máxima de upload 3000 Mbps



DADOS TÉCNICOS
Processador 1x 3.2 GHz Kryo 585 + 3x 2.42 GHz Kryo 585 + 4x 1.80 GHz Kryo 585
Chipset 
Snapdragon 870 Qualcomm SM8250-AC
64 Bit 
Sim
GPU 
Adreno 650
RAM 
12 GB
Memória Max 
256 GB
Memória Expansível
Não


TELA
Polegadas 6.67
Resolução 
1080 x 2400 pixel
Densidade de pixels 
395 ppi
Tipo 
P-OLED
FPS 
144 Hz
Cores 
mais de 16 milhões
Proteção 
Gorilla Glass 5

CÂMERA
Megapixel 108 Mp + 8 Mp + 16 Mp
Resolução 
12000 x 9000 pixel
Tamanho do Sensor 
1/1.52 "
Aperture Size 
F 1.9 + F 3.4 + F 2.2
Estabilização 
Ótica
Zoom Ótico 
5 x
Autofoco 
Sim
Foco por toque 
Sim
Flash 
Dual LED
HDR 
Sim
Localização 
Sim
Detecção facial 
Sim
Câmera Frontal 
32 Mp


VÍDEO
Resolução da gravação 8K UHD
Auto focagem de vídeo 
Sim
FPS da gravação 
30 fps
Estabilização de vídeo 
Sim
Slow Motion 
960 fps
Foto em Vídeo 
Sim
Opções da Câmera Frontal 
Face Detection



CONECTIVIDADE
Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac/6
Bluetooth 
5.2 com A2DP/LE
USB 
Type-C 3.1
NFC 
Sim
GPS 
A-GPS/GLONASS/Galileo


SENSORES
Acelerômetro Sim
Proximidade 
Sim
Giroscópio 
Sim
Bússola 
Sim
Impressão digital 
Sim
Mic. de Redução de Ruído 
Sim



FUNÇÕES
Radio FM
Não
Tv Não
Vibração Sim
Viva Voz 
Sim
Outros 
Wi-Fi Direct, Wi-Fi hotspot

BATERIA
Tipo LiPo
Ampere 
4500 mAh


A Walt Disney Company planeja lançar sua nova plataforma de streaming, a Star+, no dia 31 de agosto de 2021, mas a empresa sofreu um revés importante no Brasil.

A Starz, dona do streaming StarzPlay, conseguiu uma decisão favorável na justiça para que a Disney não utilize a marca Star+ (ou Star Plus).

Em abril, a Starz Entertainment havia entrado entrado com um pedido no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) para que o registro desta marca fosse barrado.

Enquanto isso, um processo também corria na 2ª Câmara Reservada de Direito Empresarial de São Paulo, e o desembargador Jorge Tosta expediu a decisão impedindo a Disney de utilizar os nomes Star Plus e Star+. O motivo afirmado foi o seguinte:

“[A Disney] passará a ofertar serviços de entretenimento idênticos aqueles que já são fornecidos pela agravante [StarzPlay]. Um consumidor, ao referir-se aos serviços de streaming ofertados pelas partes, não o fará dizendo que assistiu a um filme pela ‘StarzPlay’ ou pela Star Plus, mas simplesmente pela Star”.


Vale lembrar que a decisão vale apenas para o novo serviço de streaming, apesar de a Starz também ter pedido para que a Disney não usasse o nome nas marcas dos canais de TV Star Channel, Star Comedy, Star Action, Star Classic, Star Fun, Star Life e Star Hits (que os antigos canais FOX).

Via: o vício


Presentes nos bolsos de bilhões de pessoas ao redor do mundo, para muitos os celulares são o principal hardware de computação usado nas mais diversas tarefas cotidianas. Cada vez mais poderosos e complexos, eles também sofrem com problemas que até pouco atrás associávamos somente a desktops e notebook: os temidos vírus.

Os principais alvos são os dispositivos Android, como consequência das características mais abertas da plataforma, que inclusive permite a instalação de aplicativos sem a aprovação do Google. No entanto, quem usa o iOS também está sujeito à ação de ameaças, especialmente quando seu celular foi sujeito ao jailbreak, que permite baixar apps que não estão na App Store. Independentemente da plataforma, alguns sintomas ajudam a detectar a presença de um software malicioso em seu dispositivo.


1. Aumento no uso de dados
Você notou que seu pacote de dados, que antes sobrava para o mês, agora mal fornece internet suficiente para usar durante uma semana? Esse é um sinal de que algum malware pode estar usando processos em segundo plano ou tentando transmitir informações de seu aparelho para um atacante.

2. Aparelhos travando constantemente
É comum que, depois de um tempo, nossos celulares parem de executar tão bem novas versões de aplicativos. No entanto, esse não é um processo que acontece do dia para a noite, e se falhas começarem a aparecer constantemente sem motivo aparente, isso pode ser consequência da ação de algum vírus ou malware.

3. Pop-ups começam a aparecer
Muitos malwares que infectam celulares não têm a missão de roubar seus dados, mas sim de divulgar publicidade — geralmente de forma bem invasiva. Os pop-ups de propaganda são um sintoma desse tipo de ação, tomando a tela de seu dispositivo mesmo quando bloqueadores de anúncio estão ativados. Embora pareçam menos prejudiciais do que outras ameaças, vírus desse tipo também podem colaborar para um maior consumo de bateria e até para travamentos, caso seu dispositivo não consiga lidar com a quantidade de janelas geradas por eles.

Imagem: Reprodução/Sora Shimazaki (Pexels)

4. Aplicativos desconhecidos
É comum que instalemos muitos aplicativos que ficam esquecidos no celular, e só lembremos de sua existência quando decidimos fazer uma limpa. Muitos vírus se aproveitam desse comportamento para se disfarçar como apps falsos, que devem ser desinstalados imediatamente para garantir sua proteção.

5. Aumento na conta de celular
Enquanto muitas ameaças se aproveitam de sua conexão wireless ou do pacote de dados para se espalhar, outros recorrem a mensagens de SMS para isso. Exemplo disso são os Cavalos de Troia ZTorg, detectados em 2017, que enviavam textos com links para listas de contato na tentativa de infectar mais alvos. Isso fazia aumentar a conta telefônica das vítimas, servindo como um alerta de que algo estava errado com seus aparelhos.

6. Superaquecimento
Enquanto não é incomum que celular aqueçam bastante, especialmente durante a realização de atividades intensas (como jogos eletrônicos), é bom ficar atento se isso acontece o tempo todo. Caso seu dispositivo esteja aquecendo mesmo quando você encerra processos e o deixa em repouso, isso é sinal de que um vírus está agindo em segundo plano e consumindo seus recursos.

7. Maior consumo de bateria
Sintoma ligado ao item anterior, o maior consumo de bateria está associado a uma maior atividade de seu celular. Se uma carga não dura tanto quanto antes, isso pode ser sinal de que um vírus está consumindo recursos, e vale a pena realizar a varredura com um software especializado para detectar e remover a ameaça.

Imagem: Divulgação/StockCSnap/Pixabay

8. Ações que você não reconhece
Algum contato perguntou sobre uma mensagem suspeita que você não lembra de ter enviado? Isso pode sinal de que seu dispositivo está contaminado e tentando se espalhar por sua lista de contato. Também é comum que malwares façam curtidas estranhas em redes sociais e até mesmo publiquem em seu nome para convencer outras pessoas a contaminarem-se.

9. Pedidos constantes de atualização
Você acabou de atualizar todos os seus aplicativos através do Google Play ou App Store, e mesmo assim surgem mensagens de que um deles precisa que uma nova versão seja instalada? Isso pode ser resultado da ação de malwares, que pode estar usando esses avisos como forma de convencê-lo a executar pacotes que ampliam ataques e comprometem ainda mais suas informações pessoais.

Fonte: AVG, Proteste

Windows 365 vai ser um sistema operacional por streaming

O Windows 365 vai funcionar em qualquer browser atual e deve começar em 2 de agosto | Foto: Raimond Spekking/WorldPhotos

A Microsoft anunciou o lançamento do Windows 365, que vai permitir que o usuário o utilize como um streaming dos sistemas operacionais Windows 10 e 11. O objetivo é permitir o acesso de clientes do serviço Cloud PC a partir de qualquer dispositivo.

Segundo o site The Verge, o Windows 365 vai funcionar em qualquer browser (navegador) atual. O gerente-geral Wangui McKelvey garante que quem trabalhar com o novo sistema vai sincronizar seu trabalho em sistemas diversos como “Macs, iPads, Linux e aparelhos Android”.

O serviço vai começar a funcionar a partir de 2 de agosto e o preço da mensalidade ainda não foi revelado para as duas categorias de serviço: Business e Enterprise. O novo lançamento é voltado para a grande demanda de trabalho remoto e poderá ser usado tanto por um cliente individual como por empresas com milhares de empregados.

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget