12/31/20

Apresentados no início deste mês, os AirPods Max marcam a entrada da Apple no mercado dos headphones sem fios em nome próprio. Este é um produto de luxo, tanto pela sua qualidade como pelo seu preço de venda.

Após algumas semanas no mercado, eis que surgem relatos de um problema preocupante nos AirPods Max. Segundo o mencionado, estes headphones começam a ganhar algumas gotas de água no interior dos seus earpads.


Formação de gotas de água dá-se após longos períodos de uso
Um dos primeiros relatos deste género foi publicado por Donald Filimon, um utilizador americano dos AirPods Max. O relato é dado no seu perfil no Twitter, como ainda no Reddit.

Filimon documenta como o seu exemplar dos AirPods Max formou gotas de água por trás dos protetores de ouvido. De acordo com o seu relato, este fenómeno de condensação deu-se após longos períodos de utilização.



O queixoso refere que isto aconteceu após uma utilização de cerca de doze horas, dentro de uma divisão um pouco fria até. Devido à falta de uma certificação IP, o utilizador teve o cuidado de os usar num local com pouca humidade.

Depois deste relato, foram vários os utilizadores do Reddit a queixarem-se de situações semelhantes. Por enquanto, ainda não se pode afirmar que este seja um fenómeno recorrente e alargado, mas levanta algumas preocupações.
Falhas na deteção do ouvido originam esta descoberta

No relato de Donald Filimon, podemos ler que ele provavelmente nunca daria conta do problema caso os seus AirPods Max não deixassem de funcionar corretamente. Em causa, está a falha destes headphones em reconhecer quando o utilizador os usa efetivamente.

Perante este problema, Filimon decidiu retirar as almofadas dos seus AirPods Max e isso fez com que se deparasse com algumas gotas de água no interior. Vale notar que a deteção de ouvido voltou a funcionar corretamente após uma limpeza interior dos headphones.

Este relato alerta para o facto de este fenómeno poder originar problemas mais gravosos e que colocam em causa o bom funcionamento dos AirPods Max. Há data da escrita deste artigo, a Apple ainda não se pronunciou sobre o sucedido.

A condensação em headphones após longos períodos de utilização não é novidade, mas não costuma atingir estas proporções. Para este resultado, poderá contribuir ativamente o exterior metalizado dos AirPods Max.

Fonte: 4gnews

Imagens revelam dispositivo usado no desenvolvimento do primeiro Apple Watch e software que seria versão pré-watchOS 1.0

A Apple costuma ser bastante reservada no que diz respeito ao desenvolvimento de seus produtos. Mas vazamentos recentes parecem revelar, em vídeo, o que teria sido um protótipo do Apple Watch original. O dispositivo conta ainda com uma versão funcional do software pré-watchOS 1.0 instalada.

Suposto protótipo confidencial do Apple Watch (Imagem: Reprodução/AppleDemoYT)

As imagens foram divulgadas pelo usuário Apple Demo (@AppleDemoYT) no Twitter. O vídeo começa com a embalagem de papelão que teria sido utilizada para proteger o protótipo. O pacote traz um aviso de confidencialidade no rótulo e afirma que o produto participa de um programa de “ultra” segurança.

A tela do “pré-Apple Watch” está parcialmente escondida por uma capa de proteção, e tem apenas dois botões no lado esquerdo. A case exibe ainda uma espécie de botão Home embutido. Nesta versão, não havia ainda uma coroa digital.

Vídeo permite “espiar” desenvolvimento do watchOS

Uma das partes mais interessantes do vídeo mostra o software em funcionamento, quando o relógio é ligado. É possível visualizar a marca da Apple e, sem seguida, o mostrador de ponteiros.

Ao acessar os aplicativos, o protótipo revela o ícone de Lisa Simpson. Trata-se de um app de testador chamado “Lisa”, provavelmente em homenagem à filha de Steve Jobs e uma referência ao Apple Lisa, o computador da marca lançado em 1983. Esse software tem ferramentas que permitem ajustar elementos da interface do relógio.

As configurações revelam ainda que o dispositivo não foi homologado pela FCC e, portanto, não pode ser vendido, o que reforça a ideia de que se tratava realmente de um protótipo.

Novas fotos mostram produção do iPhone original
Ainda no clima nostálgico, novas imagens que circulam na web mostram o processo de fabricação do primeiro iPhone, em 2007. As fotos de bastidores também trazem um breve olhar de como era a interface no processo de validação dos celulares.


Com informações: The Verge e 9to5Mac

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget