Nova telha de energia solar da Tesla promete revolucionar o mercado de energia solar, devido ao seu preço acessível

A promessa da nova telha solar é ter o custo similar à de uma telha convencional e duração de 30 anos

Telhas solares da Tesla prometem durar 30 anos – (Divulgação/Casa.com.br)
Em parceria com a SolarCity, a Tesla anuncia a produção de uma telha solar com capacidade de revolucionar o mercado de energia solar. A telha solar da Tesla promete ter um custo semelhante a de um telhado comum

A nova telha solar da Tesla promete revolucionar o mercado de energia solar, por conta de seu preço altamente baixo e que pode ser comparado ao de telhas comuns com duração de 30 anos. O projeto é uma parceria da Tesla com a SolarCity, uma fabricante de painéis de energia solar, cuja a parceria foi anunciada em 2017.

Elon Musk, da Tesla, deseja que a telha de energia solar dure 30 anos
A produção da telha solar deveria ter iniciado em meados de 2018, entretanto o desenvolvimento e a criação foram adiados para que fossem garantido que todos os objetivos de qualidade chegassem aos compradores. Elon Musk deseja que as telhas solares durem cerca de 30 anos, no mínimo, sem que seja necessária a substituição, além de um custo que coincida com um telhado convencional.

A telha solar da Tesla possui quatro variações: Ardósia, Toscano, Lisa e Texturizada. Por hora, a telha de energia solar será vendida apenas nas versões lisas e texturizadas, mas podendo ser ampliadas posteriormente.

Telha solar por um preço acessível – Elon Musk afirma


TELHA SOLAR DA TESLA: principais características, modelos e CUSTOS para sua RESIDÊNCIA

O valor da telha solar foi anunciado no mesmo ano em que a parceria, por meio de uma publicação em uma rede social, onde a Tesla já havia iniciado a fase de pedidos. Apesar do atraso, ao considerar o material e a mão de obra para a instalação e remoção das telhas convencionais, o custo total da telha solar ficaria por um preço de US$ 42 por pé-quadrado, medida que nos Estados Unidos, equivale a cerca de 0,09 m².

Vale ressaltar que este valor é apenas para as telhas com células de energia solar integradas, que recebem o nome de ativas, já as inativas custam US$ 11. No caso de uma residência que utiliza os dois tipos de telhas, a Tesla tem como objetivo gerar uma média geral pelo valor de suas telhas solares à US$ 22 por pé-quadrado.

Como resultado, realizando as conversões de medida e de moeda, o custo por metro quadrado sairia por um preço de R$ 1.279,56. Cada telha possui 8,65 centímetros de largura e 14 cm de comprimento, e o CEO da Tesla, Musk, afirmou que o seu custo de instalação será menor do que o de telhados convencionais.

Projetos solares são o futuro
Além desse projeto da Tesla, em parceria com a SolarCity, diversos outros surgem ao redor do mundo, sempre com o mesmo objetivo, que é gerar sustentabilidade e gerar sempre energia limpa e sustentável. Os projetos vão desde parques fotovoltaicos a pisos solares, que é o caso da empresa Platio, da Hungria, que criou e já lançou no mercado um piso de energia solar para casas que tem capacidade de gerar energia elétrica e devolvê-la à rede elétrica do consumidor.

Para atender a demanda do consumo anual de eletricidade de uma família média, é preciso apenas 20 m² do material. Mas não pense que é só nos países de fora que projetos como esse vem se desenvolvendo.

No Brasil, a Eternit, que passou cerca de 80 anos vendendo telhas de amianto, está apostando em seu projeto de telhas solares para o mercado brasileiro. A empresa já recebeu certificação do Inmetro para seu projeto e só nos primeiros meses deste ano, já concluiu quatro instalações dos equipamentos.

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

Fale com o MultiMidia Info

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget