Windows 11 não será compatível com CPUs AMD e Intel 7ª geração, os fabricados antes de 2017


A Microsoft apresentou oficialmente o Windows 11, que chega no final do ano, e acabou gerando confusão com os requisitos mínimos do sistema. Um dos motivos para isso é a lista de processadores compatíveis com o SO, que deixa de fora diversos modelos de CPUs populares atualmente.

A empresa divulgou listas com os processadores Intel e AMD que são oficialmente "suportados" pelo Windows 11. No lado da Intel, a companhia recomenda o uso de chips Coffee Lake (oitava geração), Xeon Skylake-SP ou mais recentes. Já para o lado da AMD, a relação inclui as CPUs AMD Ryzen 2000, a segunda geração EPYC e componentes mais novos da marca.

Ryzen 1600 AF, que fez bastante sucesso em 2020, não aparece na lista.Fonte: Techspot/Steven Walton

A relação de processadores deixa de fora a primeira geração de chips Ryzen, incluindo relançamentos como o Ryzen 5 1600, e modelos populares da Intel que chegaram ao mercado há mais de seis anos. Até mesmo processadores de dispositivos da própria Microsoft, como o Surface Studio 2 e o Surface Go, não aparecem na lista de suporte oficial do Windows 11.

Processadores suportados pelo Windows 11 - Intel
A lista completa de processadores Intel suportados pelo Windows 11 foi divulgada pela Microsoft em seu site. Os modelos incluem chips lançados a partir de 2017, incluindo membros das linhas Core, Atom e Celeron, das seguintes gerações:

  • Intel De 8ª geração (Coffee Lake)
  • Intel de 9ª geração (Coffee Lake Refresh)
  • Intel de 10ª geração (Comet Lake)
  • Intel de 10ª geração (Ice Lake)
  • Intel de 11ª geração (Rocket Lake)
  • Intel de 11ª geração (Tiger Lake)
  • Intel Xeon Skylake-SP
  • Intel Xeon Cascade Lake-SP
  • Intel Xeon Cooper Lake-SP
  • Intel Xeon Ice Lake-SP
  • Processadores suportados pelo Windows 11 - AMD

A lista completa de chips AMD recomendados para o Windows 11 também já está disponível. Abaixo, você confere as famílias de processadores presentes na relação:

  • AMD Ryzen 2000
  • AMD Ryzen 3000
  • AMD Ryzen 4000
  • AMD Ryzen 5000
  • AMD Ryzen Threadripper 2000
  • AMD Ryzen Threadripper 3000
  • AMD Ryzen Threadripper Pro 3000
  • AMD EPYC de 2ª geração
  • AMD EPYC de 3ª geração

Enquanto a lista de chips suportados pelo Windows 11 não é tão grande quanto gostaríamos, a Microsoft disse que está trabalhando para expandir o número de processadores compatíveis com o sistema. Steve Dispensa, engenheiro da companhia, disse que o uso de uma CPU presente na lista é essencial para rodar o sistema operacional.
Confusão


Após muita confusão e informações distorcidas vindas da própria Microsoft, o engenheiro da empresa disse, em publicação no Twitter, que o uso dos processadores listados faz parte dos requisitos do Windows 11 tanto para novos sistemas quanto para upgrades. A empresa também atualizou a página de requerimentos do SO indicando a lista de chips compatíveis.

Os requisitos mínimos de CPUs do Windows 11 incluem um processador com pelo menos dois núcleos de processamento e 1 GHz de frequência. Com isso em mente, pode ser que a empresa adicione mais processadores populares para a lista de compatibilidade, uma vez que os chips teriam, em tese, poder para rodar o sistema.


Para o app da Microsoft, nem um PC rodando o Windows 11 vazado é digno de rodar o Windows 11.

Alguns notebooks com o Intel Core i7-7700HQ, que possui os requisitos necessários para encarar o SO, mas não está na lista de chips suportados pelo sistema, Rodaram direitinho o novo Windows 11, Devido a isso, o chip é recusado pela ferramenta da Microsoft que avalia a compatibilidade com o Windows 11.

Na sexta-feira, a Microsoft também lançou uma versão aprimorada do aplicativo PC Health Check, que verifica a compatibilidade do computador com o Windows 11. Com as atualizações, a ferramenta se tornou mais clara e identifica quais são os pontos que tornam cada máquina "incompatível" com o novo sistema operacional.

No entanto, ainda existem dúvidas no ar e não está muito claro quais máquinas serão capazes de rodar ou não o Windows 11. A Microsoft disse que lançará um beta do sistema em breve, o que deve trazer novas respostas (ou ainda mais dúvidas) sobre a chegada do sistema operacional, prevista para o fim do ano.

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

Fale com o MultiMidia Info

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget