05/01/20

Amanda Laura Bynes (Thousand Oaks, 3 de abril de 1986)  é uma estilista, atriz, apresentadora e cantora norte-americana, que ficou muito conhecida em seu programa exibido na Nickelodeon, o The Amanda Show. Atuou também em filmes de sucesso, como She's the Man e Hairspray. Ela foi nomeada pela People na lista das "25 estrelas mais quentes" em 2006.


Biografia
Primeiros anos
Nascida em Thousand Oaks, Califórnia, é filha de Lynne e Rick Bynes. Amanda tem dois irmãos, Tommy e Jillian - este último um Bacharel em Artes e em História, formado pela UCLA. Seus avós maternos são de Toronto, Ontário. Seu pai é católico, e sua mãe judia. Amanda diz não ter se decidido ainda quanto à religião, afirmando que apesar de se considerar mais judia, ainda não está preparada para se pronunciar sobre suas crenças.


Vida profissional
Depois de seu tremendo sucesso com o programa infanto-juvenil, durante o fim dos anos 90 e início de 2000, Amanda resolveu mudar sua carreira para o destino cinematográfico. Em sua carreira destacam-se filmes de sucesso, como Ela é o Cara (She's the Man) e Hairspray. Foi nomeada em 2006 "uma das mulheres mais provocantes abaixo de 25" e já em 2005 estava na quinta posição na lista da Forbes de atriz abaixo de 21 que ganha um ótimo salário (na época já alcançava 2.5 milhões de dólares). Começou sua carreira aos 7 anos de idade, com um anúncio da Nestlé.

Amanda Bynes no evento Hearth Truth em 2009.

No início de sua carreira, fez teatro. Cedo entrou em peças de teatro locais, todas muito elogiadas pela crítica. Sua peça mais consagrada foi To Kill a Mockingbird. Com apenas 9 anos, foi convidada a entrar no elenco de All That, uma série de televisão de bastante sucesso. O grande salto de sua carreira aconteceu quando tinha 13 anos, quando recebeu a oportunidade de ter um show próprio: era O Show da Amanda (The Amanda Show), que lhe renderia bons frutos futuramente e, principalmente, mostraria ao mundo sua veia cômica. Em 2002 o programa chegou ao fim, mas ele não revelou apenas Amanda. O ator/cantor Drake Bell também se lançou mais ou menos por ali, além de Ashley Tisdale ter feito algumas participações especiais.

Outro salto na carreira de Bynes foi o filme O Grande Mentiroso (The Big Fat Liar), estrelando ao lado de outro fenômeno teen, Frankie Muniz. O filme foi um grande sucesso e rapidamente surgiram convites para outras comédias ligeiras (como a série "Coisas que eu Odeio em Você"). Aí surgiu a hipótese de Amanda ser a estrela do filme What a Girl Wants, que a catapultou definitivamente para o estrelato. Neste filme, ela contracena com outro ator consagrado, Colin Firth, seu pai no filme. Neste mesmo filme, Amanda faz a filha de Libby Reynolds, interpretada por Kelly Preston. Também outro sucesso, o longa forneceu a Bynes muitos prêmios, inclusive o Kids Choice Awards 2004, de Melhor Atriz.

Em S.O.S. do Amor (Lovewrecked), Bynes exibiu um corpo mais magro e preocupou alguns fãs e tablóides, que levantaram a suspeita de anorexia. Tudo foi desmentido pela atriz e acabou sendo reconhecido que ela não possui distúrbios alimentares. Lovewrecked foi filmado em 2005, mas lançado antes mesmo de She's the Man.

2006 foi um ano realmente proveitoso para a atriz, já que ela estrelou um dos filmes de maior sucesso de sua carreira até então: She's the Man traz Amanda mais uma vez divertida. Na comédia, adaptação de uma das tramas de Shakespeare, ela passou por uma experiência talvez única, tendo que transformar-se em homem para jogar num time de futebol e provar que mesmo sendo uma mulher, possui talentos para esportes. No colégio de seu irmão, em que finge ser ele, acaba apaixonando-se pelo seu colega de quarto, Duke. Um dos fatores que a ajudaram a entrar no elenco foi sua atuação em O Show da Amanda, pois na série ela mostra sua veia cômica, muito útil para este trabalho. Também neste mesmo filme, foi cogitado para o papel de irmão de Bynes, o cantor Jesse McCartney, mas como ele não pôde gravar, então foi substituído.

Em 2007, Bynes realizou mais um projeto de comédia, intitulado Ela e os Caras, inspirado no clássico Branca de Neve e Os Sete Anões. Atuou ao lado de Sara Paxton no filme.

Em 2008, participou da série Family Guy, em apenas um episódio, interpretando o papel de Anna. Ainda em 2008, participou do telefilme do canal Lifetime Living Proof, onde ela interpreta a assistente do protagonista do fime. Chegou a estar no set do filme Post Grad em 2009, mas foi substituída pela atriz Alexis Bledel. Bynes chegou a gravar o piloto da nova comédia da ABC, Canned, porém o piloto foi rejeitado. Em 2010 interpretou a antagonista da comédia adolescente Easy A, ao lado da atriz Emma Stone. Bynes estava planejando reprisar o seu papel na sequência do filme Hairspray, porém a sequência foi cancelada. Originalmente, Bynes chegou a estar no set da comédia Hall Pass, porém por conflitos na agenda teve que sair do projeto, suas cenas foram regravadas pela atriz Alexandra Daddario. Em 2011 foi considerada para o papel da protagonista da sitcom New Girl, porém perdeu o papel para Zooey Deschanel.

Amanda foi considerada, além de uma das personalidades mais provocantes, uma das "Mulheres Mais Poderosas Abaixo de 25" também pela Forbes. No final de Junho de 2010, com apenas 24 anos, Amanda anuncia sua aposentadoria, porém um mês depois voltou na decisão e falou que não iria mais se aposentar. Porém nunca mais apareceu em frentes as telonas. 

Carreira musical
Apesar de trabalhar mais nas áreas cênicas, Amanda mostrou seu talento para a música através do filme Hairspray, pois trata-se de um musical. Contudo, Amanda não está envolvida em nenhum plano para lançar-se como cantora.

Carreira como estilista
Em 2007, Amanda assinou um contrato de cinco anos com a Steve & Barry's. Em 16 de agosto de 2007 foi oficialmente lançada a "Dear". A linha de roupas foi cortada em 2008, pois a empresa Steve & Barry's estava falindo e saiu do negócio completamente em janeiro de 2009.


Amanda Bynes no evento Hearth Truth em 2009.

Vida pessoal
Amanda Bynes em maio de 2005.
Amanda Bynes é reconhecida também por manter a vida pessoal longe da profissional, não sendo uma menina de escândalos. Talvez a maior confusão causada foi quando terminou com seu namorado na época, em 2004, duas semanas após o início da relação. Não foi um ato muito veiculado pela mídia e nem foi dada tanta atenção, mesmo na época em que ocorreu. Também diz não gostar de bebidas, alegando: "Eu acho que sairei mais do que já saí em toda a minha vida... o que não é muito. Eu gosto de dançar e coisas assim, mas beber não é bom para você de qualquer modo. Não é bom para sua pele; te faz se sentir horrível. Então, não vou beber", além de comentar numa entrevista em 2007 o que seus pais a ensinaram sobre bebidas alcoólicas. Também em 2007, ela alegou o que pensa sobre ser festeira, contando para o Access Hollywood: "Eu gosto de estar com a minha família, e não preciso ir a boates, festas e clubes".

Em 2008, contudo, ela admitiu estar revendo modos de organizar sua vida social, pensando novamente sobre o assunto. "Eu costumava ser vista como a garota anti-clubes e festas, mas hoje estou revendo isso. Posso beber e dançar, se eu quiser. Não se pode deixar de sair com amigos, e garotos. Estou naquela fase em que saio apenas para me divertir", disse para a revista Cosmopolitan em 2009.

Bynes formou-se no Thousand Oaks High School's, pelo programa de estudo independente, e diz que pretende cursar a Universidade de Nova York futuramente; mesmo não divulgando qual carreira escolherá para cursar na faculdade, é provável que esteja ligada à artes, pois além de mostrar seus talentos na sua linha de roupas, Amanda já presenteou David Letterman com uma pintura, feita pela mesma.

Em 19 de junho de 2010, através do Twitter, Amanda Bynes declarou que pretende aposentar-se da carreira de atriz. Depois do repentino susto para os seus fãs, no dia 25 de Julho de 2010 ela disse que não iria se aposentar, e não explicou o motivo de sua volta.

Em abril de 2012 Amanda foi presa em Hollywood após bater em um carro da polícia e estar aparentemente alcoolizada. A atriz faltou ao julgamento para tratar do caso, realizado em 24 de setembro de 2013. O advogado de Amanda, Rich Hulton, alegou que ela é mentalmente incapaz.

Bynes se mudou de Los Angeles para Nova York para começar sua carreira de moda.

Em 4 de abril de 2013, Bynes anunciou via Twitter que ela tem transtorno alimentar.

Em 23 de maio de 2013, um policial de Nova Iorque acusou Bynes de posse ilegal de maconha. Ele alegou que Amanda lançou um "bong" (utensílio usado para fumar maconha) pela janela de seu apartamento, em Manhattan, ao ser detida. Ela no entanto, escreveu em seu Twitter que abriu as janelas apenas para tomar ar e ainda acusou o policial de assédio sexual. Bynes foi levada para o Hospital Roosevelt para fazer uma avaliação mental.

Em julho de 2013, Amanda se envolveu em um novo incidente. Uma idosa flagrou a atriz queimando roupas na calçada de uma garagem no sul da Califórnia, nos Estados Unidos. Ao chegar ao local, a polícia encontrou a atriz ao lado de uma pequena fogueira e de um tambor de gasolina. O fato fez com que Amanda fosse internada para avaliação psiquiátrica. Ela foi enquadrada na lei estadual 5150, do estado da Califórnia, que determina a internação involuntária de pessoas que representem um perigo para si ou para os outros.

Amanda Bynes foi diagnosticada com transtorno esquizoafetivo, no final de setembro de 2013. O diagnóstico foi feito enquanto a atriz estava sendo tratada no hospital UCLA Medical Center. Por recomendação dos médicos, Amanda iniciou um tratamento especializado, em uma instalação privada em Los Angeles.

Em uma revelação inédita, Nicole Richie, contou ter usado heroína com Melissa Joan Hart, Lindsay Lohan, Paris e sua irmã Nicky Hilton, Amanda Bynes, Kate Moss e Nick Carter. A revelação foi feita como parte do livro "Império – Uma viagem sem volta ao inferno das drogas", uma biografia escrita por Brandon Hurst (que também escreveu uma biografia de Lady Gaga em 2010), que será lançada em 2018.

Entretenimento
Filmes
AnoTítuloPapelNotas
2002Big Fat LiarKaylee
2003Charlotte's Web 2: Wilbur's Great AdventureNellie (voz)Diretamente em vídeo
What a Girl WantsDaphne Reynolds
2005RobotsPiper Pinwheeler (voz)
Love WreckedJenny Taylor
2006She's the ManViola Hastings/Fake Sebastian
2007HairsprayPenny Pingleton
Sydney WhiteSydney White
2008Living ProofJamieFilme para a televisão
2010Easy AMarianne Bryant

Televisão

AnoTítuloPapelNotas
1996All ThatVários29 episódios (1996–2002)
1997Figure It OutPanelista52 episódios (1997–1999)
1998Blue's CluesEla mesmaEpisódio: "Blue's Birthday"
1999Arli$$Crystal DupreeEpisódio: "Our Past, Our Present, Our Future"
The Amanda ShowEla mesma / Penelope Tayn / outros personagens42 episódios (1999–2002)
2001The Nightmare RoomDanielle WarnerEpisódio: "Don't Forget Me"
The Drew Carey ShowVários2 episódios
RugratsTaffy (voz)6 episódios (2001–2002)
2002What I Like About YouHolly Ann Tyler86 episódios (2002–2006)
2008Family GuyAnna (voz)Episódio: "Long John Peter"
2009CannedSarabethPiloto

Teatro

TítuloPersonagemNotas
The Sound of MusicHalley WoulardTeatro não conhecido.
Sleeping BeautyPrincess AuroraTeatro Escolar.

Alexander Johan Hjalmar Skarsgård (Estocolmo, 25 de agosto de 1976) é um ator e diretor sueco. Vencedor do Emmy de Melhor Ator Coadjuvante em Minissérie ou Telefilme e do Globo de Ouro de melhor ator coadjuvante em televisão por sua aclamada atuação como Perry Wright na série Big Little Lies da HBO. Ele é mais conhecido pelos seus papéis de Eric Northman na série de televisão True Blood, e Tarzan no filme The Legend of Tarzan.

Skarsgård é considerado um símbolo sexual da modernidade devido ao seu personagem em True Blood. Já apareceu em inúmeras listas de revistas como a Rolling Stones que elegem os "100 homens mais sexys do ano", aparecendo sempre na 5° ou até na 1° posição.


Vida pessoal
Ele é filho do ator sueco Stellan Skarsgård e My Skarsgård (médica). Ele tem seis irmãos: Gustaf Skarsgård (nascido em 1980), Sam Skarsgård (nascido em 1982), Bill Skarsgård (nascido em 1990), Eija Skarsgård (nascida em 1992), Valter Skarsgård (nascido em 1995) e dois meios-irmãos, Ossian (nascido em 2009) e Kolbjörn (nascido em 2012).Em 2009 começou um namoro com a atriz Kate Bosworth , que durou 2 anos, o casal rompeu em 2011. Em 2013 surgiram rumores de romance com a cantora Taylor Swift que nunca foi confirmado por nenhum dos dois, mas supostamente a música Wildest Dreams foi escrita para o ator. Em 2015 Alexander iniciou um relacionamento com Alexa Chung, o casal terminou em 2017 devido às agendas lotadas.


Carreira
Filho do conhecido ator Stellan Skarsgård, Alexander começou a atuar na tenra idade de 8, quando ele estrelou em "Åke och hans Värld" ("Åke and His World"), onde interpretou Kalle Nubb melhor amigo do protagonista Åke (Martin Lindström). Em 1989, ele decidiu que a vida pública não era para ele, pois não gostava da atenção da mídia e as pessoas olhando para ele na rua. Ele queria ser arquiteto. Naquele momento, ele colocou sua carreira em pausa.

Anos mais tarde cursou a faculdade de ciência política, ingressou no serviço militar sueco como um fuzileiro naval, com a idade de 20 anos.

Volta às telas
Quinze meses depois deixou o serviço para refletir sobre sua vida e ele decidiu então que ele voltaria a atuar após um hiato de 10 anos. Para isso, ele mudou-se para Leeds, na Inglaterra, depois para New York, onde participou da Escola Teatral Marymount. Depois de seis meses em Nova York, o amor atraí-o de volta para a Suécia, mas não deu certo.

Cinema e televisão
Depois de voltar para a Suécia, Skarsgård começou a pegar trabalhos de atuação, participando de filmes, televisão e produções teatrais. Enquanto passava as férias nos Estados Unidos, fez um teste para o papel de Meekus no filme de 2001 chamado Zoolander. Em 2003, seu trabalho em "The Dog Trick" rendeu a ele uma nomeação de melhor ator coadjuvante na premiação Guldbagge. Ele foi nomeado o homem mais bonito da Suécia 5 vezes.

Mudou-se para Los Angeles em 2004 mas continuou trabalhando na Suécia. O sucesso veio quando fez o papel de Brad Colbert na aclamada série da HBO Generation Kill. Uma adaptação do livro do mesmo nome do jornalista Evan Wright. Generation Kill segue um batalhão da Marinha Americana durante a guerra do Iraque. Como Brad Colbert era um papel próximo ao principal na série, a diretora Susanna White e o produtor executivo David Simon não queriam dar para Skarsgård o papel por duvidarem que ele seria capaz de falar inglês com sotaque americano. Depois de 4 audições em 3 cidades, Skarsgård ganhou o papel, 36 horas antes de entrar em um avião para a Namibia onde a série foi filmada. O elenco ficou por 7 meses no deserto, filmando 6 dias por semana. Skarsgård trabalhou com um fonoaudiólogo para aprender o sotaque americano.

Um pouco antes de terminar as gravações de Generation Kill, Skarsgård ouvir falar sobre True Blood, uma nova série desenvolvida pela HBO, baseada na série de livros "Sookie Stackhouse" de Charlaine Harris. Ele estava inseguro sobre atuar como vampiro, mas quando soube que Alan Ball, criador da série Six Feet Under e ganhador do Oscar de melhor roteiro por Beleza Americana, estava por trás do projeto, ele fez uma audição para o papel de Bill Compton, que foi dado para o ator Stephen Moyer. Skarsgård depois ganhou o papel de Eric Northman, um vampiro viquingue de 1000 anos de idade, dono de um bar local e interesse amoroso da personagem principal Sookie Stackhouse. True Blood ficou no ar por 7 temporadas, com a sétima e última temporada exibida em 2014.

Em 2009, Skarsgård fez uma participação no clipe musical “Paparazzi, da cantora pop Lady Gaga. Ele dublou o personagem Stefan no filme animado Metropia, dirigido por Tarik Saleh. Em 2010, Skarsgård fez Terje, um norueguês gay se mudando para o Polo Norte, no falso documentário britânico Beyond the Pole.

O estilista Hickey Freeman escolheu Skarsgård para apresentar um novo look em 2012. Annie Leibovitz fotografou a campanha, que apareceu no The Wall Street Journal Magazine, GQ e na revista Details. Ele foi capa da revista Rolling Stone em setembro de 2010 com os seus parceiros de True Blood, Anna Paquin e Stephen Moyer.

Em 2011, ele apareceu em dois filmes: "Melancholia", dirigido por Lars von Trier e estrelando a atriz Kirsten Dunst, Charlotte Gainsbourg e Kiefer Sutherland, premiado em 2011 no festival de Cannes. Skarsgård apareceu em Sob o Domínio do Medo, um remake do filme de 1971, como Charlie Venner. O diretor do remake, Rod Lurie, transferiu a cidade pequena do filme de Cornwall para o Mississippi, e descreveu Venner como uma "ex-estrela do futebol americano fracassada". O filme também contou com James Marsden e Kate Bosworth e foi lançado em 16 de setembro de 2011.

Em 2012, Skarsgård atuou ao lado de Taylor Kitsch e Rihanna no filme Battleship, uma adaptação do jogo de mesmo nome da Hasbro. Ele também atuou com Julianne Moore e Steve Coogan no filme What Maisie Knew, uma adaptação do livro de mesmo nome do escritor Henry James. Também fez parte do elenco do filme de terror "Disconnect", atuando com Paula Patton.

Em 2013, ele atuou com Brit Marling e Ellen Page no filme "The East". Skarsgård ainda vai viver Tarzan no novo filme de Tarzan, previsto para ser lançado em 2016. No elenco já está confirmada Margot Robbie como Jane Porter (Tarzan).

Prêmios e Indicações
Foi nomeado para um Guldbagge em 2003 pelo papel coadjuvante masculino no curta-metragem Hundtricket.

Skarsgård Ganhou 3 Scream Award de "Melhor Vilão" por seu papel como Eric Northman em True Blood um em 2009 e outro de "Melhor Ator" em 2010 e em 2011.

Em 2017 recebeu sua primeira indicação ao Emmy Awards de melhor ator em minissérie ou tele-filme pelo seu trabalho em Big Little Lies vencendo o prêmio. Em 2018 recebeu o Globo de ouro de melhor ator coadjuvante em minissérie por sua atuação como Perry Wright.

Emmy Awards
AnoTítuloCategoriaResultado
2017Big Little LiesMelhor Ator Coadjuvante em Minissérie ou TelefilmeVenceu

Globo de Ouro

AnoTítuloCategoriaResultado
2018Melhor Ator Coadjuvante em TelevisãoBig Little LiesVenceu

SAG Awards

AnoTítuloCategoriaResultado
2018Melhor Ator em Minissérie ou TelefilmeBig Little LiesVenceu
2020Melhor Elenco em Série DramáticaIndicado

Filmografia

  • 2019 - The Aftermath
  • 2018 - The Hummingbird Project.
  • 2017 - Big Little Lies - venceu o Emmy Awards de melhor ator em minissérie ou tele-filme
  • 2016 - The Legend of Tarzan
  • 2015 - The Diary of a Teenage Girl
  • 2014 - The Giver
  • 2013 - The East
  • 2013 - What Maisie Knew
  • 2013 - Disconnect
  • 2012 - Battleship
  • 2011 - Melancholia
  • 2011 - Sob o domínio do medo
  • 2010 - Trust Me
  • 2010 - Muumi ja punainen pyrstötähti
  • 2010 - 13
  • 2009 - Beyond the Pole
  • 2009 - Metropia
  • 2009 - Paparazzi (Videoclipe)
  • 2008-2014 - True Blood (televisão)
  • 2008 - Generation Kill (televisão)
  • 2007 - Järnets änglar
  • 2007 - Leende guldbruna ögon (televisão)
  • 2006 - Exit
  • 2006 - Cuppen (televisão)
  • 2006 - Kill Your Darlings
  • 2006 - Never Be Mine
  • 2006 - The Last Drop
  • 2005 - Om Sara
  • 2005 - Revelations (televisão)
  • 2005 - Som man bäddar…
  • 2004 - Hjärtslag
  • 2002 - Hundtricket - The Movie
  • 2001 - D-dag - Den færdige film (televisão)
  • 2001 - Zoolander
  • 2001 - Drakarna över Helsingfors
  • 2000 - Vingar av glas
  • 2000 - Järngänget
  • 2000 - Judith (televisão)
  • 2000 - Dykaren (televisão)
  • 2000 - D-dag - Lise (televisão)
  • 2000 - Hundtricket
  • 2000 - D-dag (televisão)
  • 1999 - Happy End
  • 1999 - Vita lögner (televisão)
  • 1989 - Hunden som log
  • 1987 - Idag röd (televisão)
  • 1984 - Åke och hans värld

Alec Baldwin (Alexander Rae Baldwin III, Amityville, 3 de abril de 1958) é um ator americano.


Carreira
Alec Baldwin foi indicado ao Oscar de Melhor Ator (coadjuvante/secundário) por seu trabalho no filme The Cooler (2003) e três vezes vencedor do Golden Globe Award para Melhor Ator (série cómica ou musical) em televisão por seu trabalho em 30 Rock (Prêmios Globo de Ouro 2007, 2009 e 2010). Além disso, ele é vencedor de oito Screen Actors Guild Awards, dos quais sete foram na categoria Melhor Performance de um Actor numa Série de Comédia em anos consecutivos, por causa do seu trabalho em 30 Rock. Além disso, ele é o actor com o maior número de nomeações ao prémio: 20.


Filmografia
  • 1987: Forever, Lulu
  • 1988: She's Having a Baby
  • 1988: Beetlejuice
  • 1988: Married to the Mob
  • 1988: Talk Radio
  • 1988: Working Girl
  • 1989: Great Balls of Fire
  • 1990: Alice
  • 1990: Miami Blues
  • 1990: The Hunt for Red October
  • 1991: The Marrying Man
  • 1992: Glengarry Glen Ross
  • 1992: Prelude to a Kiss
  • 1993: Malice
  • 1994: The Getaway
  • 1994: The Shadow
  • 1996: Ghosts of Mississippi
  • 1996: Heaven's Prisoners
  • 1996: The Juror
  • 1997: The Edge
  • 1998: Mercury Rising
  • 1999: Outside Providence
  • 1999: Notting Hill (não aparece nos créditos)
  • 1999: The Confession
  • 2000: Nuremberg - Infamy On Trial
  • 2000: State and Main
  • 2000: Thomas and the Magic Railroad
  • 2001: Cats & Dogs (Voz)
  • 2001: Final Fantasy: The Spirits Within (voz)
  • 2001: Pearl Harbor
  • 2001: The Royal Tenenbaums (Narrador)
  • 2002: The Adventures of Pluto Nash (Não aparece nos créditos)
  • 2003: The Cat in the Hat
  • 2003: The Cooler
  • 2004: Along Came Polly
  • 2004: The Aviator
  • 2004: The Last Shot
  • 2004: The SpongeBob SquarePants Movie (voz)
  • 2005: Elizabethtown
  • 2005: Fun with Dick and Jane
  • 2006: Brooklyn Rules
  • 2006: Mini's First Time
  • 2006: Running with Scissors
  • 2006: The Departed
  • 2006: The Good Shepherd
  • 2007: Lymelife
  • 2007: Suburban Girl
  • 2007: The Forbidden City (Pré-produção)
  • 2007: The Girls' Guide to Hunting & Fishing
  • 2008: Lymelife
  • 2008: Madagascar: Escape 2 Africa (Voz)
  • 2008: My Best Friend's Girl
  • 2009: It's Complicated
  • 2009: My Sister's Keeper
  • 2012: Rise of the Guardians (voz)
  • 2012: Rock of Ages
  • 2012: Para Roma, com Amor
  • 2013: Blue Jasmine
  • 2014: Still Alice
  • 2015: Mission: Impossible - Rogue Nation
  • 2015: Andron: The Black Labyrinth
  • 2018: Mission: Impossible - Fallout


Prêmios e indicações
  • Emmy:
    • 1996: Melhor ator numa minissérie ou telefilme por A Streetcar Named Desire (indicado)
    • 2001: Melhor minissérie por Nuremberg (indicado)
    • 2002: Melhor ator (coadjuvante/secundário) em uma minissérie ou telefilme por Path to War (indicado)
    • 2005: Melhor ator convidado em uma série de comédia por Will & Grace (indicado)
    • 2006: Melhor ator convidado em uma série de comédia por Will & Grace (indicado)
    • 2007: Melhor ator principal em uma série comédia por 30 Rock (indicado)
    • 2008: Melhor ator principal em uma série comédia por 30 Rock (vencedor)
    • 2009: Melhor ator principal em uma série comédia por 30 Rock (vencedor)
    • 2010: Melhor ator principal em uma série comédia por 30 Rock (indicado)
  • Globos de Ouro:
    • 1996: Melhor Ator (minissérie ou filme) em televisão por A Streetcar Named Desire (indicado)
    • 2001: Melhor Ator (minissérie ou filme) em televisão por Nuremberg (indicado)
    • 2003: Melhor Ator (coadjuvante/secundário) em televisão por Path to War (indicado)
    • 2004: Melhor Ator (coadjuvante/secundário) em cinema por The Cooler (indicado)
    • 2006: Melhor Ator (série cómica ou musical) em televisão por 30 Rock (vencedor)
    • 2008: Melhor Ator (série cómica ou musical) em televisão por 30 Rock (vencedor)
    • 2009: Melhor Ator (série cómica ou musical) em televisão por 30 Rock (vencedor)
  • Oscar:
    • 2004: Melhor Ator (coadjuvante/secundário)/secundário) por The Cooler (indicado)
  • Satellite Awards:
    • 2004: Melhor ator ((coadjuvante/secundário) por The Cooler
  • Screen Actors Guild:
    • 1996: Melhor Ator em uma minissérie ou telefilme por A Streetcar Named Desire (indicado)
    • 2001: Melhor Ator em uma minissérie ou telefilme por Nuremberg (indicado)
    • 2004: Melhor Ator (coadjuvante/secundário)/secundário) em um filme por The Cooler (indicado)
    • 2007: Melhor Ator em uma série de televisão - comédia por 30 Rock (indicado)
    • 2008: Melhor Ator em uma série de televisão - comédia por 30 Rock (vencedor)
    • 2009: Melhor Ator em uma série de televisão - comédia por 30 Rock (vencedor)
    • 2010: Melhor Ator em uma série de televisão - comédia por 30 Rock (vencedor)
    • 2011: Melhor Ator em uma série de televisão - comédia por 30 Rock (vencedor)
    • 2012: Melhor Ator em uma série de televisão - comédia por 30 Rock (vencedor)

Vida pessoal
Alec é o mais velho dos irmãos Baldwin. Foi casado com Kim Basinger, entre 1993 e 2002 com quem teve uma filha, Ireland Baldwin. Em 2010, foi apresentador da 82.ª edição do Oscar, ao lado do ator Steve Martin. É vegetariano, ativista em defesa dos direitos dos animais e colabora para ONGs como a PETA.

Em 2011 foi expulso de um avião por se recusar a desligar um aparelho celular.

No dia 30 de junho de 2012 casou com a instrutora de ioga, Hilaria Thomas. Em janeiro de 2013, foi anunciado que Hilaria está grávida. No dia 23 de agosto de 2013, Hilaria teve Carmen Gabriela, a segunda filha do ator. Em 2015, o casal anunciou a chegada de seu segundo filho, Rafael Thomas Baldwin (terceiro filho do ator). No ano seguinte, nasceu Leonardo Ángel Charles Baldwin, terceiro filho do casal. Em maio de 2018 foi anunciado o nascimento do quarto filho do casal, Romeo Alejandro David Baldwin.

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget